Fenômeno de Raynaud: você conhece?

Fenômeno de Raynaud: você conhece?

O fenômeno de Raynaud é uma condição na qual ocorre uma resposta exagerada à temperatura fria.

As manifestações clínicas são causadas pelo estreitamento dos vasos sanguíneos que resultam na redução do fluxo sanguíneo para a pele. O fenômeno de Raynaud também provoca a cianose, que é o arroteamento da pele, causado pela diminuição da oxigenação nos pequenos vasos sanguíneos. A pele fica fria, empalidecida ou com cianose nos dedos das mãos e dos pés. Algumas pessoas também podem sentir esses sintomas em outras partes do corpo, como por exemplo, orelhas, nariz e face.

O fenômeno de Raynaud começa depois da exposição ao frio ou após uma situação de estresse intenso. Sensação de formigamento ou amortecimento pode acompanhar as alterações de coloração dos dedos. Dor não é geralmente referida, a menos que o evento seja intenso e duradouro. Um evento pode durar de segundos até horas.

Esse fenômeno pode ser classificado em primário ou secundário. Primário quando não há outra doença associada e secundário quando existe a presença de uma doença associada. Entre as mais comuns estão as reumáticas: artrite reumatoide, síndrome de Sjogren, Lupus Eritematoso Sistêmico e Esclerodermia.

O diagnóstico é através do exame clínico. Um teste especial que pode ser feito é a capilaroscopia periungueal. Nesse teste, o médico coloca uma gota de óleo na unha do paciente para observar melhor os capilares da base da unha e, através disso, observa-se, por meio de um microscópio, as possíveis alterações.

O tratamento por medicamentos e/ou cirúrgico é indicado apenas para casos mais graves.

A educação sobre as causas do fenômeno e os métodos para evitar os agentes desencadeadores e agravantes são outras medidas importantes para tratar a doença:

  • Evitar temperaturas frias
  • Aquecer o corpo com roupas apropriadas, principalmente as extremidades, com meias, luvas e cachecol
  • Reduzir o estresse e ansiedade
  • Parar de fumar
  • Evitar alguns medicamentos vasoconstritores (converse com seu médico).