O departamento de enfermagem do Hospital de Clínicas da Unicamp realizou no dia 27 de abril o I Simpósio Brasileiro de Enfermagem em Reumatologia, que reuniu cerca de 100 profissionais de diferentes estados do Brasil para palestras e debates sobre o atendimento a pacientes da reumatologia. O evento aconteceu em um centro de convenções de Campinas e teve apoio institucional da Roche.

Para Debora Pessoa de Souza, enfermeira da Unicamp que atuou na organização da programação científica, o evento será útil para o dia-a-dia dos participantes. “Tivemos um treinamento sobre contagem e avaliação de juntas, um procedimento necessário para diagnóstico e acompanhamento dos pacientes que nos EUA é feito por enfermeiros. No Brasil, contudo, é comum que apenas os médicos o façam, por falta de capacitação dos profissionais de enfermagem. Assim, trouxemos esse treinamento para que os enfermeiros, que estão com o paciente todo o tempo, atuem diretamente em seu diagnóstico e acompanhamento”.

O professor Manoel Bertolo, superintendente do Hospital de Clínicas de Campinas e coordenador da disciplina de reumatologia na faculdade de ciências médicas da Unicamp, foi um dos palestrantes do evento. Ele destacou que o simpósio trará benefícios práticos aos participantes. “A programação foi até acima de nossas expectativas, pois houve uma procura muito grande dos enfermeiros em todo o Brasil. Foi o primeiro simpósio sobre o tema no país e pudemos mostrar algumas padronizações da área, além de gerar troca de experiências”.

Em sua palestra, Bertolo falou sobre o atual protocolo de tratamento da artrite reumatoide. Segundo ele, essa é uma área que demanda atualização constante dos profissionais de enfermagem. “A principal área de pesquisa em reumatologia hoje são os novos tratamentos para artrite reumatoide. Assim, questões como avaliação dos pacientes, aplicação dos medicamentos, conhecimento dos efeitos e dos processos de trabalho são importantes para garantir os resultados esperados”, explicou.

A enfermeira Ana Cristina de Almeida participou do evento e elogiou a programação. “Eu gostei dos temas abordados. É sempre importante estarmos atualizados. O Dr. Manoel Bertolo deu uma aula muito boa sobre tratamento da artrite reumatoide e também gostei da aula sobre sistematização da assistência em enfermagem”, comentou.

Além do conhecimento e troca de experiências, outro desdobramento importante do simpósio é a proposta de criação de uma associação brasileira de enfermeiros em reumatologia, para prover educação continuada, como destaca a organizadora Debora de Souza. “Em nossa área, as medicações que utilizamos são novas e sempre há novos tratamentos disponíveis. Isso demanda um processo de atualização constante e é isso que a associação deverá prover”, explicou.